24 de maio de 2013

Cyberland!

Segundo a Diplomática e utilizando como referência o cap. 6 da tese da RONDINELLI
vamos fazer a análise dos documentos da MCE Byte.
  1. CARACTERÍSTICAS:
    1.  Forma fixa
    2.  Conteúdo estável
    3.  Relação orgânica
    4.  Contexto identificável
    5.  Ação
    6. Envolvimento de cinco pessoas
  2. PARTES CONSTITUINTES: 
    1. Forma documental
      1. Elementos intrínsecos
      2. Elementos extrínsecos
    2. Anotações
    3. Contexto
    4. Suporte
    5. Atributos 
    6. Componentes digitais
1.1 A partir do momento em que foram salvos (ou repassados a nós) não houve alteração nos documentos. A menos que isto tenha ocorrido antes de termos conhecimento deles.
1.2. A informação está registrada em suporte e não é simples dado ou informação, é arquivístico.
1.3. Constituem em registros de atividades vinculadas a outras.
1.4. Pelos documentos não é possível identificar muito claramente as hierarquias e estruturas na qual se dá sua produção e gestão. Esta análise seria feita fora do documento.
1.5. Participam e apoiam uma ação.
1.6. Envolve autor, redator, destinatário, originador e produtor.

2.1.1. Autor: MCE Byte
Redator: Alunos da disciplina Diplomática e Tipologia Documental
Destinatário: Alunos da disciplina Diplomática e Tipologia Documental
Originador: MCE Byte
Produtor: MCE Byte  
Data cronológica: década de 90
Data tópica: década de 90
Indicação e descrição da ação ou assunto: Projetos de engenharia, pedidos dos clientes de viagens virtuais, tabelas de preços dos serviços oferecidos, notas fiscais de vendas ao consumidor, fichas funcionais dos empregados e flyers de divulgação dos serviços oferecidos.
Atestação: assinaturas, logomarca da empresa, dados da empresa e dos consumidores.

2.1.2.  Apresentação geral: Texto e imagem.    
Apresentação específica: layouts diferentes e específicos para cada espécie documental, assinaturas e logomarcas.

2.2 Inexistentes.
2.3. Contexto jurídico-administrativo: Lei das Viagens Impossíveis.
Contexto de proveniência: Normas da MCE Byte e organogramas internos.
Contexto documental: Arquivos da MCE Byte dividos em suas séries determinadas.
Contexto tecnológico: PDF, world wide web.

2.4. Integra seu contexto tecnológico.
2.5. Autor: alunos da disciplina Diplomática e Tipologia Documental ou funcionários da MCE Byte. 
Destinatário: alunos da disciplina Diplomática e Tipologia Documental ou funcionários e consumidores da MCE Byte.
 2.6. PDF com layouts específicos à tipologia documental com elementos de texto e imagem.

Nenhum comentário: